"Faça-se o Amor..."
TEMA 2017
(83) 8787-2806 / 3231-6896
contato@liriosdovale.org

Nossa História

Histórico da Comunidade Católica Lírios do Vale

Em outubro de 1994, nosso fundador sente no coração o chamado de Deus para uma entrega maior de sua vida. Partilhando sobre isso com alguns irmãos do grupo de oração da Renovação Carismática Católica que ele coordenava, observou ser um sentimento em comum. Os membros que estavam na partilha sentiram o mesmo desejo. Com o coração inflamado deste sentimento de entrega e anseio de vida íntima e profunda com Deus, resolvemos nos reunir frequentemente em oração na casa de formação, que era uma casa de suporte para formação Paulo apostolo e oficina de dons do grupo de oração. Foi lá que discernimos como Deus manifestava sua vontade a nosso respeito. Todas as reuniões eram documentadas. Este período de unir todas as anotações, sentimentos e discernimento durou todo o ano de 1995. Também tivemos contato com algumas comunidades novas que existiam e pudemos estudar a forma como Deus através do seu Espírito falava para a igreja por meio destas comunidades de vida e aliança. Então unimos nossas anotações com as informações das comunidades, como começaram, qual o propósito, missão e evangelização, etc. E percebemos com mais clareza e convicção que Deus nos chamava e nos capacitava a uma vocação e um carisma novo dentro da igreja, a serviço dela.

Em 1996, por pura graça e providência de Deus, o nosso fundador foi para um retiro de líderes na Comunidade Shalom em Fortaleza, um retiro de dez dias, onde o chamado de fundação da Comunidade foi confirmado no coração do fundador. Lá o Carisma também foi discernido: “Ser Ministro do Amor Misericordioso de Deus no Coração da Humanidade”. Tendo inicialmente como nossos santos baluartes e intercessores São Francisco e santa Teresinha e agora em 2014 São João Paulo II, como o Papa do marco da evangelização da Juventude. Onde o sopro do Espírito fez nascer em seu coração o entendimento que as novas comunidades são a primavera da igreja, somos filhos de João.

A partir desta confirmação no retiro de líderes em Fortaleza houve um aconselhamento com pessoas mais experientes que viviam já dentro da realidade das novas comunidades. Ao regressarmos para João Pessoa PB, resolvemos dar passos mais ousados na fé para confirmar o discernimento. Fomos então morar em comunidade pela primeira vez neste mesmo ano de 96 numa casa no bairro dos Funcionários IV, onde tudo começou. Fundava-se a Comunidade com nove membros. Foi um ano de contínua oração, de busca de formação e estudos. Uma busca que consistia em discernir a vontade de Deus para aquele momento de graça, começávamos a unir nossa atenção para o corpo vocacional da Comunidade, deste novo carisma, quais os elementos constitutivos deste Carisma, claro que como toda novidade do Espirito na igreja, não faltou perseguições dentro e fora dela, incompreensões familiares, revoluções que um novo e desconhecido seguimento de Cristo trás.

Em 1997, recebemos um convite por parte da R.C.C da diocese de João Pessoa – PB, para tomarmos conta do cenáculo do Conde, aceitamos o convite e iniciamos na localidade um processo de evangelização, conversamos com o Pároco da cidade, naquele tempo Frei Aquino, que nos acolheu e apoiou de forma maravilhosa. A partir daí tanto na paróquia do Conde como em João Pessoa nossos grupos de oração amadureciam e aumentava a quantidade de pessoas evangelizadas e aderindo ao projeto de Deus.

Foi um ano de muitas purificações e provações internas, de conflitos necessários para acontecer o amadurecimento humano e espiritual, mas, ao mesmo tempo no campo da evangelização foi um ano muito promissor com o grupo de oração e os apostolados na igreja do Conde, mesmo diante deste crescimento alguns membros em 1997 resolveram sair, discernindo assim outros caminhos vocacionais uns se tornaram religiosos outros entraram em pastorais e movimentos da igreja. E neste mesmo ano a comunidade recebeu a visita do nosso bispo naquele tempo, Dom Marcelo, levado por Frei Aquino pároco de lá, então pedimos sua benção para prosseguir nossa caminhada.

Em fevereiro de 1998 aconteceu nossa primeira missa de consagração de oito membros celebrada por Frei Aquino na capela do cenáculo do Conde, com a presença dos nossos convidados e familiares. Foi um ano de muitas missões, continuávamos unidos com a igreja através de Frei Aquino, onde com sua ajuda começávamos a desenvolver o nosso conteúdo de formação e a escrever com mais detalhes e mais precisão a regra de vida da nossa comunidade.

No início de 1999, tivemos de sair do Conde e voltamos para nossa paróquia de origem nos Funcionários II, em motivo da eleição de nosso fundador para a coordenação diocesana da R.C.C. em João Pessoa PB. Em outubro deste mesmo ano fomos morar em Manaíra, paróquia Nossa Senhora de Fátima, foi um ano difícil diante de tantas mudanças e sentíamos no coração que Deus estava nos educando e preparando para um novo milênio que se aproximava.

Neste mesmo ano aconteceu nossa segunda missa de consagração na capela do Conde com Frei Aquino que era nosso diretor espiritual. No ano de 2000, na virada do século no nosso retiro interno que sempre fazemos a cada começo do ano, Deus nos convidava a nos lançarmos em águas mais profundas, a ficarmos em alto mar, dando passos mais audaciosos na fé, abandonados confiantemente na sua graça, como em todos os nossos retiros dissemos “Sim” a esta vontade de Deus mesmo sem entender o que ele queria e faria de nós lírios.

O ano de 2000 foi o ano de nossa prova de fé, do nosso calvário e crucificação, por problemas pessoais do nosso fundador, toda a nossa comunidade foi atingida interna e externamente, ficando exposta a comentários maldosos, sendo alvo de críticas. Nosso único apoio era Deus que nestes momentos de escuridão e tempestade prometia fazer conosco uma “Nova Aliança”.

Resolvemos ir para um interior do sertão uma cidade chamada Bonito de Santa Fé, ficamos rezando e procurando a vontade de Deus até que ele mesmo nos chamasse de volta para concretizar a promessa da Nova Aliança e isto aconteceu no segundo semestre de 2000. Chegando de volta o nosso fundador procurou o Bispo Dom Marcelo, expôs toda a situação e o Bispo escutou nosso fundador abençoou-o e começamos nosso processo de reconstrução, vivenciando pessoalmente e comunitariamente em nossa história o mistério da ressurreição.

Por pura misericórdia e graça de Deus em 2004 o nosso pároco Pe. Alex que nos acompanhava partilhou conosco que começava a ver frutos de nossa comunidade, nosso carisma junto à igreja local que confirmavam a nossa vocação como obra de Deus, desta forma ele nos levara a Dom Marcelo que marcou nossa missa de consagração em março de 2004. A partir deste momento de graça achávamos com nossos olhares humanos sobre esta obra que iríamos crescer em membros, estrutura física, mas, não aconteceu, nos desígnios misteriosos de Deus entrávamos numa grande noite escura da fé, uma tempestade que nos purificou, onde a palavra de Deus se tornou nosso único sustento na espera de suas promessas, palavra que mais uma vez foi nos dada através da comunidade Shalom num retiro de Líderes no ano de 2005: “Em teu meio deixarei apenas um povo sofrido e fraco, um resto de Israel, que buscará apoio no nome do Senhor”.   (Sof. 3,12).

Em 2012 pediram à casa que nós morávamos que era nossa casa Mãe desde 2002 e a providência Divina nos trouxe para o bairro do Valentina e percebemos um novo começo para sua vida pessoal, ingressamos na Paroquia Nossa Senhora de Aparecida, na Comunidade de Guadalupe uma Comunidade nascente, o que nos dá a certeza que nosso amado Jesus está realizando na ação de seu Espírito o nascimento dos Lírios.

Por isso, nós dizemos com todo o nosso coração Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. As misericórdias do Senhor eternamente cantaremos!

 

COMUNIDADE LÍRIOS DO VALE
Rua Emp. Olavo dos Guimarães Wanderley, 100 - Valentina/Cuiá
João Pessoa/PB - CEP: 58.063-006

2017 © Lírios do Vale – Comunidade Católica. - Todos os direitos reservados.